Política de Trocas e Devoluções

Em geral, a fim de manter um relacionamento cordial com seus clientes, a Santos Madeiras faz questão de ser bastante maleável com relação a trocas e devoluções de produtos.

Entretanto, é necessário observar que, em determinados casos, a devolução ou troca de certos produtos não é possível por causa das características desses produtos. Além disso, é preciso lembrar que todo produto a ser trocado ou devolvido precisa estar em perfeitas condições, a menos, é claro, que seja um produto defeituoso.

Isto posto, a Política de Trocas e Devoluções da Santos Madeiras segue as seguintes normas:

  • É indispensável que o cliente sempre confira previamente todos os produtos entregues e suas quantidades antes de assinar o recibo de entrega, não sendo aceitas reclamações posteriores a respeito de qualquer anormalidade (como falta de produtos).
  • Não será aceita a troca ou devolução de madeiras cortadas fora dos tamanhos padronizados.
  • Não será aceita a troca ou devolução de madeiras com respingos de reboco, pintura, perfurações e marcas/furos de pregos e/ou parafusos.
  • Não será aceita a troca ou devolução de madeiras não usadas por conta de erros de cálculo do carpinteiro ou responsável pelo projeto ou obra.
  • É indispensável, no ato da troca ou devolução, a apresentação da nota ou recibo.
  • Quando a madeira não atender as expectativas do cliente, a troca deve ser solicitada no ato da entrega, conforme o código de defesa do consumidor, e desde que fique caracterizado que o produto tem algum tipo de defeito ou vício. Entretanto há que se respeitarem as características naturais da madeira. Por exemplo, a madeira de pinus tem nós e pode apresentar rachaduras ou fissuras. As madeiras de cambará e angelim podem apresentar curvas ou entortamento. Essas são características naturais da madeira e não podem ser consideradas como defeitos ou vícios.
  • Há madeiras que possuem garantia determinada pelo fornecedor, como as madeiras tratadas em autoclave. No entanto, essa garantia é somente contra agentes biológicos e não contempla quebras ou  quantidade de nós.
  • Da mesma forma, a garantia não contempla problemas de instalação, reinstalação e remoção dos produtos. A Santos Madeiras não se responsabiliza, sob nenhuma hipótese, por esses processos, mesmo quando efetuados por carpinteiro/marceneiro indicado por uma de nossas lojas, tendo em vista que a indicação é apenas uma referência informal e não um atestado ou garantia de qualidade ou excelência dos serviços do profissional em questão.

Nota: janelas cedro e portas internas, assim como alguns tipos de madeiras, também tem tamanhos padronizados. Se forem cortadas (é comum que se faça isso em adaptações e reformas, por exemplo), não podem ser trocadas.

É importante frisar, mais uma vez, que para que uma solicitação de troca ou devolução possa ser analisada, é indispensável à apresentação da nota fiscal ou recibo de pagamento.

No caso dos clientes pessoa jurídica (CNPJ), é preciso emitir uma nota fiscal de devolução (no caso de desistência da compra no prazo de 7 dias ou de produto em desacordo com o pedido) ou uma nota de remessa para conserto (no caso de produto com defeito) com os mesmos dados da nota fiscal de compra (modelo do produto, alíquotas de impostos, etc.) que foi enviada por nossa empresa juntamente com o pedido de compra.

Caso essa pessoa jurídica seja isenta de emissão de nota fiscal (como escolas, instituições, etc.), será preciso enviar umas das vias da nota fiscal de compra juntamente com uma declaração informando os produtos que estão sendo devolvidos e o motivo da devolução.

Enquanto isso, em nosso blog…