Pontes de madeira: o toque idílico que faltava ao seu jardim

Você já viu em um post anterior como é possível, com imaginação e boas ideias, usar as treliças de madeira para decorar jardins e interiores.
Já conheceu, também em nosso blog, a beleza dos decks de madeira.
Também já mostramos todo o charme dos cachepôs de madeira.
É hora, agora, de mostrar mais um exemplo de como a madeira pode embelezar seu jardim: conheça as pontes decorativas de madeira.
Com inegável beleza plástica que valoriza qualquer projeto paisagístico, as pontes de madeira podem ser usadas sobre d´água, córregos e riachos (que podem até ser criados artificialmente!), lagos (que podem ter até peixes ou tartarugas), etc. É possível fazer pontes até mesmo sobre piscinas!
Com a ajuda da imaginação, seu carpinteiro de confiança pode executar os mais diversos tipos de pontes, e tudo que você precisa é das madeiras e, se o projeto exigir, de outros materiais como cordas de navio ou de sisal, correntes de aço galvanizado e barras roscadas.

Ponte rústica sobre lago com carpas
A madeira a ser usada pode ser o pinus autoclavado (que já é normalmente usado para decks, em ambientes mais úmidos), ou as toras de eucalipto autoclavado (para pontes mais rústicas), ou mesmo madeiras mais nobres como angelim ou cambará. Ou pode misturar todas elas em um projeto único! Mas atenção: é preciso usar madeiras tratadas ou madeiras nobres, sempre protegidas com stains ou vernizes.
Que tipo de ponte fazer? Isso só depende do tipo de projeto, de sua imaginação e, é claro, do seu orçamento.

Ponte com cordas de sisal sobre riacho
Por exemplo, sobre riachos (reais ou criados artificialmente, com a correnteza criada por bombas de água) você pode usar pontes do tipo passarela, mais retas.
Sobre lagos, você pode usar pontes curvas. Seu carpinteiro saberá como curvar a madeira com a ajuda de técnicas especiais que envolvem o uso de vapor e umidade.

Ponte-passarela em jardim oriental
Em jardins com inspiração oriental, você também pode usar pontes curvas, arqueadas, ou mesmo apenas caminhos rentes ao solo, feitos com pranchas de autoclave ou troncos. Nesse caso vale usar detalhes de decoração com bambu, por exemplo.
Para apoiar sua ponte no solo, evitando o contato direto da madeira com a umidade, você pode usar sapatas de concreto ou mesmo usar blocos de apoio para deck, pré-fabricados em concreto.
O piso nas extremidades da ponte também dependerá do seu projeto, mas é sempre aconselhado o uso de pisos que mantenham a umidade distante da madeira, como concreto, pedra ou seixos.
E mais: você pode combinar, em seu projeto paisagístico, a sua ponte com outros elementos como os que já mencionamos em posts anteriores: decks, treliças, cachepôs. Por exemplo, em cada extremidade da ponte você pode colocar um cachepô de cada lado com suas plantas ornamentais preferidas.
Como você pode ver, a imaginação é o limite!
Consulte seu carpiteiro de confiança e converse com a gente. Nós dispomos de madeiras dos mais diversos tipos, treliças, vasos, cachepôs e muitos outros itens para ajudar a embelezar seu jardim e sua casa!

Comentários